terça-feira, 16 de outubro de 2012

XI CONJECE


Agora em novembro teremos o XI CONJECE - CONGRESSO DE JUVENTUDE ESPÍRITA DO CEARÁ


Os jovens ficarão bem informados sobre os muitos questionamentos que possuem sobre esta temática, principalmente aqueles que passam por momentos conflitantes na descoberta da mediunidade e como saber conduzí-la.  

Faixa etária - 12 aos 21 anos.
Incestimento: R$ 25,00 (incluso o almoço).


Informações: 

cij.feec@gmail.com

Fones: 3212-1092 e 99306603 / 87949945 

Equipe CIJ

“Quem educa, cria valores ético-culturais para uma vivência nobre e ditosa. 
Quem evangeliza liberta para uma vida feliz”. 
Amélia Rodrigues

VI GEAL ARTE ESPÍRITA


VI GEAL ARTE ESPÍRITA

DIA 11 DE NOVEMBRO DE 2012 (DOMINGO)

Das 15:00 às 17:20 hs no Grupo Espírita Ave Luz

APRESENTAÇÕES ARTÍSITCAS:

-> Ken William
-> Servoz de Luz
-> Natan & Renata
-> Grupo Gotas de Orvalho
-> Teatro de Bonecos "Riso de Deus "
-> Grupo AME

Feira de Livros Espírita no Local.

ENTRADA FRANCA!

PROMOÇÃO: 

FEEC Federação Espírita do Estado do Ceará
UDE 5 - União Distrital 5

REALIZAÇÃO:

Grupo Espírita Ave Luz
20 Anos

INFORMAÇÕES:

85-3269-3938 ou 87602065 



terça-feira, 11 de setembro de 2012

11º SEMINÁRIO DO GRUPO ESPÍRITA AVE LUZ


MORTE, Vida Depois da Vida.

DIAS 10, 11 e 13 de Outubro de 2012.

ENTRADA FRANCA!

PALESTRANTES:

Nilton Souza / Lar de Clara
Rafael Fidelix / GREAK
Jorge Anastácio / GEPE
Allan Denizard / Lar Chico Xavier

APRESENTAÇÕES ARTÍSTICAS:

Grupo Gotas de Orvalho
JEAC Juventude Espírita Amor e Caridade
Grupo de Violinistas do Solar dos Girassois
AVE Musical

LOCAL:

Grupo Espírita Ave Luz
Av. A nº 220 - Conj. Tamandaré - Fortaleza-CE.

INFORMAÇÕES:

(85) 87602065  e  89009226

PROMOÇÃO:

FEEC Federação Espírita do Estado do Ceará

União Distrital 5 - UDE 5

REALIZAÇÃO:

Grupo Espírita Ave Luz - 20 Anos

APOIO CULTURAL:

Posto Anel Viário
Fone (85) 3274-5186

Posto Fênix
Fone: (85) 3274-7003

MAPAS DE ACESSO AO AVE LUZ:



segunda-feira, 6 de agosto de 2012

E A VIDA CONTINUA O FILME - DIA 14 DE SETEMBRO NOS CINEMAS


TRAILER OFICIAL DO FILME “ E A VIDA CONTINUA “

terça-feira, 3 de julho de 2012

ATIVIDADE JEAL DE 30/06/2012


Esta é a história de uma menina que dedicou uma parte de sua vida ao seu semelhante, e que outrora fora interrompida por um acidente trágico.

"Se não fizermos nossa parte agora, se quiser fazer amanhã talvez não dê mais tempo."
(Andressa Barragana (*1994 / +2008)

Vimos o Vídeo Exemplo de Vida - Andressa Duarte [Sinta-se Útil]


Participaram do Encontro JEAL: Lika, Milene, Matheus, Victor e Paolla.

Facilitador: Geraldo Valintim 

QUESTIONAMENTOS:

Fizemos questionamentos sobre como está a Juventude Ave Luz e dentro do que foi visto no vídeo nos perguntamos:

Como está o comprometimento dos jovens em trabalhos voluntários?

Como resgatarmos os companheiros que sairam da JEAL?

Como trazer mais jovens para a nossa Juventude?

E com relação a Doutrina Espírita: Porque Deus permite que os bons desencarnem tão cedo e os maus permaneçam mais tempo encarnados?

SOLUÇÕES:

Os jovens comprometeram-se em formar um grupo para fazer uma visita ao Lar Torre de Melo e levarem uma palavra de conforto e solidariedade.

Precisamos manter contato com os jovens: Lindemberg, Nídia, Geyssa, Gustavo, Yasmim, Allan e integrá-los às novas funções da JEAL.

Cada jovem compromete-se a convidar um amigo para visitar a nossa juventude.

Deus tem um plano para todos nós, e com ela não foi diferente, o plano de Deus se cumpriu na vida dela e hoje o testemunho e exemplo dela servem pra avivar e despertar muita gente. Era a hora dela, o plano de Deus se cumpriu na vida da Andressa!

SOLUÇÃO DOUTRINÁRIA:
EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO
Cap V ítem 22

Se fosse um homem de bem, teria morrido

Falando de um homem mau, que escapa de um perigo, costumais dizer: "Se fosse um homem bom, teria morrido." Pois bem, assim falando, dizeis uma verdade, pois, com efeito, muito amiúde sucede dar Deus a um Espírito de progresso ainda incipiente prova mais longa, do que a um bom que, por prêmio do seu mérito, receberá a graça de ter tão curta quanto possível a sua provação. Por conseguinte, quando vos utilizais daquele axioma, não suspeitais de que proferis uma blasfêmia.
Se morre um homem de bem, cujo vizinho é mau homem, logo observais: "Antes fosse este." Enunciais uma enormidade, porquanto aquele que parte concluiu a sua tarefa e o que fica talvez não haja principiado a sua. Por que, então, haveríeis de querer que ao mau faltasse tempo para terminá-la e que o outro permanecesse preso à gleba terrestre? Que diríeis se um prisioneiro, que cumpriu a sentença contra ele pronunciada, fosse conservado no cárcere, ao mesmo tempo que restituíssem à liberdade um que a esta não tivesse direito? Ficai sabendo que a verdadeira liberdade, para o Espírito, consiste no rompimento dos laços que o prendem ao corpo e que, enquanto vos achardes na Terra, estareis em cativeiro.
Habituai-vos a não censurar o que não podeis compreender e crede que Deus é justo em todas as coisas. Muitas vezes, o que vos parece um mal é um bem. Tão limitadas, no entanto, são as vossas faculdades, que o conjunto do grande todo não o apreendem os vossos sentidos obtusos. Esforçai-vos por sair, pelo pensamento, da vossa acanhada esfera e, à medida que vos elevardes, diminuirá para vós a importância da vida material que, nesse caso, se vos apresentará como simples incidente, no curso infinito da vossa existência espiritual, única existência verdadeira. - Fénelon. (Sens, 1861.)

JEAL EM AÇÃO:

X JUVENTUDE 5 -  A Arte de Viver o Espiritismo
a se realizar em 28/10/2012.

JEAL - A Fotografia e o Espiritismo

Teremos encontro para definição de tarefas e aprimoramento do conteúdo proposto, toda Quinta-feira no Grupo Espírita Ave Luz a partir das 19:00 hs.

Proposto a criação de arte para confecção das blusas da JEAL.

Fazer uma Oficina de Fotografia com os jovens da JEAL e demais Casas Espíritas componentes da UDE 5.

terça-feira, 17 de abril de 2012

7ª SEAL Semana Espírita Ave Luz (SÁBADO DIA 21/04/2012)

                                      
















 A OUSADIA DOS JOVENS (...)O espírito, emancipando-se da adolescência, julga-se dono da vida, quer gozá-la, sorvê-la em toda plenitude. O corpo jovem, forte, dá-lhe a ousadia necessária de não pensar no amanhã. Mas, quando essa fase acaba, ele entra então na busca das coisas que antes mal notava ou algumas vezes escarnecera.
Pobre Roberto Châtillon. Não soubera vencer a febre da adolescência, disciplinando os sentimentos, respeitando os fundamentos sagrados do lar e da família. Agora, frente ao vazio de sua vida fútil, temia compreender a dura realidade.
Livro
O Morro das Ilusões
Zibia Gasparetto, pelo Espírito Lucius
Espaço Vida & Consciência



A 7ª SEAL Semana Espírita Ave Luz, aconteceu no período de 17 a 22 de Abril de 2012 no Grupo Espírita Ave Luz GEAL, em comemoração aos seus 20 anos de Atividades no Movimento Espírita.

TEMA CENTRAL: REFORMA ÍNTIMA SOB A ÓTICA ESPÍRITA


PROGRAMAÇÃO PARA A JUVENTUDE

SALÃO INTERNO:

18:30 - ACOLHIMENTO/RECEPÇÃO
18:45 - ABERTURA: PRECE E MENSAGEM
18:50 - GRUPO: HUMILDE CANTO
19:10 - VIDA E VALORES - COM SANDRA LOPES

SALÃO EXTERNO:

19:10 – TEMA: VOLTEI E AGORA?
FACILITADORES - ALÂNY HOLANDA E MÁRCIO ROBERTO
20:50 – INTERVALO – FEIRA DE LIVROS / LANCHE
21:10 – DINÂMICAS

SALÃO INTERNO:

21:30 – APRESENTAÇÂO MUSICAL: NATAN & RENATA (GRUPO FÉNIX)
21:50 – ENCERRAMENTO

ENTRADA FRANCA!

PROMOÇÃO: FEEC e UDE 5

Realização: Grupo Espírita Ave Luz - 20 Anos

Contatos: 85-87807942/86328713

quinta-feira, 12 de abril de 2012

XII MOARJE DIA 06 DE MAIO DE 2012




O XII MOARJE (Momento da Arte Juvenil Espírita) acontecerá no dia 06 de Maio de 2012, no Centro Espírita Francisco de Assis, às 8h. Teremos diversas atrações em um formato totalmente novo e dinâmico que contemplará além das apresentações dos grupos da Gincana das Mocidades Espíritas do Ceará (Equipes...estão se aprontando???), uma nova proposta de discussão e construção de conhecimento sobre a arte espírita com 2 grupos convidados (SURPRESAAAAA!!!!)

O Tema desse ano versará sobre o Porquê, o para quê e o para quem fazer arte espírita. Esperamos, com esse evento, gerar a reflexão no movimento juvenil espírita de como estamos lhe dando com a arte espírita e como devemos vivenciá-la para a educação do nosso espírito e consequentemente contribuir para a transformação do mundo...

quarta-feira, 11 de abril de 2012

7ª SEAL Semana Espírita Ave Luz


7ª SEAL Semana Espírita Ave Luz, no período de 17 a 22 de Abril de 2012 em comemoração aos 20 Anos do Grupo Espírita Ave Luz GEAL:

REFORMA ÍNTIMA SOB A ÓTICA ESPÍRITA

17/04/12 - 19h45 - Transição Planetária e Reforma ìntima
18/04/12 - 19h30 - Exibição de Filme Espírita
19/04/12 - 19h45 - Perdão e Auto Perdão
20/04/12 - 19h30 - Arte Espírita: Grupos Musicais Espíritas
21/04/12 - 09h00 - AÇÃO SOCIAL:Consultas Médicas/Vacinas/Cortes de Cabelos/Sopão
21/04/12 - 18h30 - Vida e Valores (Público Geral)
21/04/12 - 18h30 - Voltei, e Agora?(Jovens)
22/04/12 - 09h00 - A Vida e o que nós fazemos dela
22/04/12 - 15h00 - SEMINÁRIO: O Trabalhador Espírita, Seus Melindres e Personalismos

ENTRADA FRANCA!

PROMOÇÃO: FEEC e UDE 5

Realização: Grupo Espírita Ave Luz - 20 Anos

Contatos: 85-87807942/86328713

sexta-feira, 23 de março de 2012

APROVEITAR A VIDA


Você aproveita a vida?

É muito comum ouvir as pessoas e, principalmente os jovens, dizendo que querem aproveitar a vida. E isso geralmente é usado como desculpa para eximir-se de assumir responsabilidades.
Mas, afinal de contas, o que é aproveitar a vida?
Para uns é matar-se aos poucos com as comilanças, bebidas alcoólicas, fumo e outras drogas.
Para outros é arriscar a vida em esportes perigosos, noitadas de orgias, consumir-se nos prazeres carnais.
Talvez isso se dê porque muitos de nós não sabemos porque estamos na Terra. E, por essa razão, desperdiçamos a vida em vez de aproveitá-la.
Certo dia, um jovem que trabalhava em uma repartição pública, na companhia de outro colegas que costumavam se reunir todos os finais de expediente para beber e fumar à vontade, foi convidado a acompanhá-los.
Ele agradeceu e disse que não bebia e que também não lhe agradava a fumaça do cigarro. Os demais riram dele e lhe perguntaram, com ironia, se a religião não lhe permitia, ao que ele respondeu:
- A minha inteligência é que me impede de fazer isso.
- E que inteligência é essa que não lhe permite aproveitar a vida? Perguntaram os colegas.
O rapaz respondeu com serenidade:
-E vocês acham que eu gastaria o dinheiro que ganho para me envenenar? Vocês se consideram muito espertos, mas estão pagando para estragar a própria saúde e encurtar a vida que, para mim, é preciosa demais.

Observando as coisas sob esse ponto de vista, poderemos considerar que aproveitar a vida é dar-lhe o devido valor.
É investir os minutos! preciosos que Deus nos concede em atividades úteis e nobres.
Quando dedicamos as nossas horas na convivência salutar com os familiares, estamos bem aproveitando a vida.
Quando fazemos exercícios, nos distraímos no lazer, na descontração saudável, estamos dando valor à vida.
Quando estudamos, trabalhamos, passeamos, sem nos intoxicar com drogas e excessos de toda ordem, estamos aproveitando de forma inteligente as nossas existências.
Quando realmente gostamos de alguma coisa, fazemos esforços para preservá-la. Assim também é com relação à vida. E não nos iludamos de que a estaremos aproveitando acabando com ela.
Se você é partidário dessa ideia, vale a pena repensar com seriedade em que consiste o aproveitamento da vida.
E se você acha que os vícios lhe pouparão a existência, visite alguém que está se despedindo dela graças a um câncer de pulmão, provocado pelo cigarro.
Converse com quem entrega as forças físicas a uma cirrose hepática causada pelos alcoólicos.
Ouça um guloso inveterado que se encontra no cárcere da dor por causa dos exageros na alimentação.
Visite um infeliz que perdeu a liberdade e a saúde para as drogas que o consomem lentamente.
Observando a vida através desse prisma, talvez você mude o seu conceito sobre aproveitar a vida.
A vida é um poema de beleza, cujos versos são constituídos de propostas de luz, escritas na partitura da natureza, que lhe exalta a presença em toda parte.
Em consequência, a oportunidade da existência física constitui um quadro à parte de encantamento e conquistas, mediante cuja aprendizagem o Espírito se embeleza e alcança os altos planos da realidade feliz.

Redação do Momento Espírita
http://grupoallankardec.blogspot.com.br/2012/03/aproveitar-vida.html

terça-feira, 13 de março de 2012

ATIVIDADES JEAL TARDE E NOITE




Compareceram 14 jovens à JEAL TARDE – 17/03/2012

Adilson, Alessandro, Breno, Davi, Vitória, Geovane, Jéssica, Marcus Paulo, Mikaele, Rodrigo, Viviane, Wedson, Willame e Thais.

Vejam como foi realizada nossa atividade:

TEMA: O EVANGELHO NO LAR

OBJETIVOS ESPECÍFICOS PARA O EVANGELIZANDO:

Levar os jovens a compreenderem que culto do Evangelho é uma forma de reunir a família em torno de um objetivo comum. A comunhão familiar onde todos conversam, trocam idéias, falam de seus problemas, comentam suas atividades à luz dos ensinamentos de Jesus, representa o mais eficiente estímulo para o estreitamento das ligações afetivas, transformando o lar em porto de segurança e paz, com garantia de equilíbrio e alegria para todos.

CONTEÚDO DOUTRINÁRIO:

O Livro dos Espíritos e O Evangelho Segundo o Espiritismo.

TÉCNICAS

Peça Teatral

Jogo de perguntas e respostas

Exposição dialogada

Avaliação

RECURSOS

Dado

1 Venda

16:00 – ABERTURA – PEÇA TEATRAL “ O EVANGELHO NO LAR “

A peça foi apresentada para as crianças, jovens e mães que, após a peça, foram debater o assunto em suas salas.

A peça foi apresentada pelos Evangelizadores da CIJ Ave Luz, onde houve um diálogo fraterno entre os pais e os filhos e a realização do Culto do Evangelho no Lar.

PEÇA: O EVANGELHO NO LAR

Autoria: Rita de Cássia

NARRADOR – A família de Dona Juliana e seu Alfredo fazem os últimos preparatórios para a realização do Evangelho no Lar, enquanto aguardam a chegada do chefe da família. A mãe coloca o Evangelho sobre a mesa, enquanto os filhos trazem uma jarra com água e copos.

JULIANA – Pronto meus filhos, tudo está preparado para a realização do nosso evangelho de hoje, e enquanto aguardamos a chegado do seu pai, vamos procurar preparar-nos interiormente com bons pensamentos e vibrações positivas.

BRUNO – Mamãe, porque é tão importante a realização do Evangelho no Lar?

JULIANA – Porque quando nos reunimos para fazermos o Evangelho em nossa casa, entramos em contato com os planos superiores e as nossas preces funcionam como uma espécie de barreira contra as influências negativas que possam atingir-nos, e ,além disso, é o momento em que nos reunimos para aprendermos mais sobre os sublimes ensinamentos do Cristo.

PATRICIA – E porque sempre colocamos uma jarra com água sobre a mesa?

JULIANA – Para que os espíritos benfeitores, que nos assistem, possam fluidificá-la.

BRUNO – E há espíritos aqui mamãe? (assustado)

JULIANA – Sim meu filho, mas não há porque temê-los são espíritos bons que protegem nosso lar.

(Nisso chega o seu Alfredo, abraça fraternalmente a esposa e os filhos e dá início ao evangelho)

ALFREDO – Faz a prece inicial (música suave)

PATRICIA – Lê um pequeno trecho do evangelho (cap V 1 e 2 – Bem aventurados os aflitos)

(Segue um breve comentário por parte do pai ou mãe)

BRUNO – (Lê uma pequena mensagem espírita) (ora extraída do livro OPORTUNIDADE TODO DIA).

JULIANA – Encerra com a prece.

(Em seguida a mãe serve água fluidificada para todos os familiares.)

NARRADOR Lê a Mensagem de Joana De Angelis: Jesus Contigo do livro Meses de Amor psicografada por Divaldo Franco.

Elenco:

1-Juliana

2-Alfredo

3-Bruno

4-Patrícia

5-Narrador

Figurantes: Espíritos Protetores

MATERIAL:

Evangelho Segundo o Espiritismo

Mensagem Espírita

Jarra de água e copinhos

Uma Mesa com 4 cadeiras

CD Música Instrumental e Súplica a Jesus

Microfone e Caixa de Som

16:20 - CORREIO FRATERNO/ ANJO DA GUARDA

Criamos uma Caixa onde serão depositadas as mensagens dos jovens da tarde e noite e o monitor servirá de pombo correio entre as duas mocidades. Só valem as mensagens identificadas.

Colocar os nomes de todos os jovens presentes na sala em papéis pequenos e cada jovem sorteará um nome (tipo AMIGO SECRETO). Os jovens não deverão divulgar os nomes que sortearam. A partir daí o monitor deverá informar aos jovens que eles agora são o ANJO DA GUARDA do jovem que sortearam e terão a função de, com discrição, ir se aproximando dele ao longo dos meses do primeiro semestre, mandar mensagens no correio fraterno, ajudá-lo a se integrar com os demais jovens, animá-lo quando triste ou sozinho, etc... . Isso tudo sem revelar-se como anjo da guarda dele. A revelação de quem é o Anjo de quem será feita só na última aula do primeiro semestre. Ao monitor caberá manter viva a dinâmica, incentivando os jovens a "serem anjos" de seus "protegidos" ao longo do semestre.

16:30 – JOGO SOBRE A PEÇA APRESENTADA:

a. Dividir os participantes em dois grupos e pedir que escolham um nome para sua equipe

b. Explicar as regras do jogo: haverá um DADO com as seguintes opções: 1-Perguntas; 2- Pula a vez; 3- Pergunta para a outra equipe; 4- Curiosidades; 5 Provas; 6- Perguntas

c. Cada equipe joga o dado na sua vez, onde cair deverá realizar a atividade proposta. Cada pergunta ou prova realizada vale um ponto.

5 - PERGUNTAS

a)É preciso marcar dia e hora certa para realizar o Evangelho no Lar?

Sim, a fim de que os bons espíritos possam vir nos auxiliar (eles também têm compromissos e respeitam os horários).

b)Por que realizar o Evangelho no Lar? Traz proteção para o nosso lar e as pessoas que ali estão. Assim como colocamos sistemas de alarmes, grades, cerca elétrica para nos protegermos de irmãos infelizes, o Evangelho no Lar é a proteção espiritual de nossa casa, pois com o tempo e a evangelização de seus membros, só espíritos convidados pelos espíritos guardiões da casa entrarão em nosso lar e será com o objetivo de aprenderem o Evangelho e modificarem suas atitudes para melhor.


c) Como iniciamos o Evangelho no Lar? Com uma prece simples e espontânea, a fim de nos harmonizarmos.


d) Que livros usamos? Podemos usar o Evangelho Segundo o Espiritismo, ou um outro livro que tenha mensagens edificantes à luz do Evangelho de Jesus. Quando há crianças participando, deve-se usar histórias infantis que edifiquem, a fim de que elas possam entender a mensagem. Após a leitura fazer comentários a respeito do que foi lido. Na seqüência fazer as vibrações.

e)O que são vibrações? Vibrar é mandar boas energias, bons pensamentos para todos aqueles que necessitam (familiares, amigos, doentes, pessoas em dificuldades, presidiários, desempregados, alguém que está triste, pela paz entre os países).

f)O que é a magnetização de água? Magnetizar a água é colocar um pouco de água em um recipiente e solicitar, durante as vibrações, que os bons espíritos coloquem naquela água o remédio e os bons fluidos de que os participantes precisam naquele momento. A água pode ser tomada após a reunião ou durante a semana.

g) Como encerramos o Evangelho no Lar? Com uma prece simples e espontânea.

g) Pode transferir ou suspender a reunião em virtude de visita inesperada?

Não transferir ou suspender a reunião em virtude de visita inesperada, hóspedes (podendo-se convidá-los a participar da reunião), compromissos de última hora, etc.…

h)Quais os cuidados que devemos tomar ?

Tomar todo o cuidado para não criar polêmicas, acusações ou desvio para outros assuntos.

Obs.: podemos, também, fazer pedidos durante o Evangelho no Lar e a prece pode ser lida ou decorada, desde que feita com o coração.

6. PROVAS

a. Cantar uma música que tenha a ver com algum tema falado;

b. Tentar fazer alguém do outro grupo rir;

c. Imitar algum dos monitores ou algum participante

d. Imitar algumas personalidades espíritas para seu grupo adivinhar: Chico Xavier, Bezerra de Menezes, Divaldo Franco, Emmanuel,

d. Mímica de filme: Ghost, Nosso Lar, Sexto Sentido, Os outros, Chico Xavier, Amor Além da vida, A casa dos espíritos, O mistério da Libélula, Duas vidas.

e. Um dos membros ficará com os olhos vendados e através da ajuda de seus colegas, terá de encontrar algum objeto escondido na sala. A outra equipe poderá atrapalhá-lo.

7. CURIOSIDADES:

a. Por que os primeiros gritos da criança são de choro? (LE – 384)

– Para excitar o interesse da mãe e provocar os cuidados necessários. Não compreendes que, se ela só tivesse gritos de alegria, quando ainda não sabe falar, pouco se inquietariam com as suas necessidades? Admirai, pois, em tudo, a sabedoria da Providência.

b. Qual o motivo da mudança que se opera no seu caráter a uma certa idade, e particularmente ao sair da adolescência? É o Espírito que se modifica? (LE -385)

– É o Espírito que retoma a sua natureza e se mostra tal qual era.

c. Os Espíritos encarnam-se homens ou mulheres, porque se na vida espiritual não têm sexo ?

Como devem progredir em tudo, cada sexo, como cada posição social, oferece-lhes provas e deveres especiais e novas ocasiões de adquirir experiências. Aquele que fosse sempre homem, só saberia o que sabem os homens.

d. De onde vêm as semelhanças morais que existem às vezes entre os pais e os

filhos? (LE - 207-a)

– São Espíritos simpáticos, atraídos pela afinidade de suas inclinações.

e. A teoria das idéias inatas não é quimérica? (LE- 218-a)

– Não, pois os conhecimentos adquiridos em cada existência não se perdem; o Espírito, liberto da matéria, sempre se recorda. Durante a encarnação, pode esquecê-los em parte, momentaneamente, mas a intuição que lhe fica ajuda o seu adiantamento. Sem isso, ele sempre teria de recomeçar. A cada nova existência, o Espírito toma como ponto de partida aquele em que se achava na precedente.

16:15 – PRECE E AVISOS


Ø Proposta coletiva para o X JuventUDE5 A ARTE DE VIVER O ESPIRITISMO – JEAL ficou com a Oficina de Fotografia (dividir tarefas entre os jovens Tarde/Noite)






Olá Amigos!

Apresentamos a Galera JEAL Noite!

Geysa, Alan Victor, Gustavo Maciel, Lindemberg, Paolla Adahra, Vinícius, Daniela, Glauciane,
Nídia e Yasmin.

A nossa atividade deste sábado (17/03/12) aconteceu em clima de muita descontração.

Logo no início fizemos uma dinâmica do Anjo da guarda e cada um ficou com um nome (como se fosse amigo oculto) para enviar vibrações positivas e enviar mensagens através do Correio Fraterno, que foi criado para que possamos nos integrar com a turma da Jeal Tarde.
TEMA: REENCARNAR PRA QUÊ?

OBJETIVOS ESPECÍFICOS PARA O EVANGELIZANDO:

Levar os jovens a compreenderem a reencarnação como instrumento necessário ao nosso aprendizado e como uma questão de justiça, dando a todos oportunidades iguais e a certeza de que só colhemos o que plantamos.

CONTEÚDO DOUTRINÁRIO:

* Da reencarnação (definição e objetivos);

* Justiça da reencarnação (estes, especificamente em L.E., Livro Segundo, cap. IV, itens I e II); e

* Limites e necessidade da reencarnação (estes, especificamente, no E.S.E, capítulo IV – Instruções dos Espíritos

TÉCNICAS

Música

Jogo de perguntas e respostas

Exposição dialogada

Avaliação

RECURSOS

SOM

Dado

07:00 – ABERTURA

CORREIO FRATERNO/ ANJO DA GUARDA

Criamos uma Caixa onde serão depositadas as mensagens dos jovens da tarde e noite e o monitor servirá de pombo correio entre as duas mocidades. Só valem as mensagens identificadas. Colocar os nomes de todos os jovens presentes na sala em papéis pequenos e cada jovem sorteará um nome (tipo AMIGO SECRETO). Os jovens não deverão divulgar os nomes que sortearam. A partir daí o monitor deverá informar aos jovens que eles agora são o ANJO DA GUARDA do jovem que sortearam e terão a função de, com discrição, ir se aproximando dele ao longo dos meses do primeiro semestre, mandar mensagens no correio fraterno, ajudá-lo a se integrar com os demais jovens, animá-lo quando triste ou sozinho, etc... . Isso tudo sem revelar-se como anjo da guarda dele. A revelação de quem é o Anjo de quem será feita só na última aula do primeiro semestre. Ao monitor caberá manter viva a dinâmica, incentivando os jovens a "serem anjos" de seus "protegidos" ao longo do semestre.

07:10 - MÚSICA


Reencarnação (para introduzir o tema)

REENCARNAÇÃO

Grupo BEM

Já parou pra refletir
O que você faz aqui
De onde veio pra onde vai

E se estamos aqui
Vamos todos nos unir
Pro mundo melhorar mais

Muitos mundos, muitas vidas
Muitas voltas, muitas idas
É o caminho que se faz

E se nessa não deu certo
Você pode estar certo
Deus te deu uma chance a mais

Reencarnação
Questão de justiça

Se você errou aqui
Volta pra reconstruir
Tudo que ficou pra trás

07:20 - SOCIALIZAÇÃO

Conversar sobre a música (forma de saber como andam os conhecimentos deles).

07:40 - JOGO DA REENCARNAÇÃO

Divisão dos sub-grupos e articulação para participação no jogo.

a. Dividir os participantes em dois grupos e pedir que escolham um nome para sua equipe

b. Explicar as regras do jogo: haverá um DADO com as seguintes opções: 1-Perguntas; 2- Pula a vez; 3- Pergunta para a outra equipe; 4- Curiosidades; 5 Provas; 6- Perguntas

c. Cada equipe joga o dado na sua vez, onde cair deverá realizar a atividade proposta. Cada pergunta ou prova realizada vale um ponto.

5. PERGUNTAS

a. A alma que não atingiu a perfeição durante a vida corpórea, como acaba de

depurar-se? (per. 166, LE)

- Submetendo-se à prova de uma nova existência.

b. O número das existências corpóreas é limitado, ou o Espírito se reencarna

perpetuamente? (LE – 168)

- Não A cada nova existência o Espírito dá um passo na senda do progresso; quando se despojou de todas as suas impurezas, não precisa mais das provas da vida corpórea.

c. Qual é a finalidade da reencarnação? (LE - 167)

- Expiação, melhoramento progressivo da humanidade. Sem isso, onde estaria a

justiça?

d. O número das encarnações é o mesmo para todos os Espíritos? (LE – 169)

- Não. Aquele que avança rapidamente poupa-se das provas. Não obstante, as

encarnações sucessivas são sempre muito numerosas, porque o progresso é quase

infinito.

e. Em que se transforma o Espírito, depois da sua última encarnação? (LE – 170)

– Espírito bem-aventurado; um Espírito puro.

f. Porque a Reencarnação é uma questão de justiça? (LE – 171)

- Todos os Espíritos tendem à perfeição, e Deus lhes proporciona os meios de consegui-la com as provas da vida corpórea. Mas, na sua justiça, permite-lhes realizar, em novas existências, aquilo que não puderam fazer ou acabar numa primeira prova.

g. O Espírito que anima o corpo de uma criança é tão desenvolvido quanto o de um adulto? (LE – 379)

– Pode mesmo ser mais, se ele mais progrediu, pois são apenas os órgãos imperfeitos que o impedem de se manifestar. Age de acordo com o instrumento de que e serve.

h. Qual é, para o Espírito, a utilidade de passar pela infância? (LE -383)

– Encarnando-se com o fim de se aperfeiçoar, o Espírito é mais acessível, durante esse tempo, às impressões que recebe e que podem ajudar o seu adiantamento para o qual devem contribuir os que estão encarregados da sua educação.

i. Dois seres que se conheceram e se amaram, podem encontrar-se noutra existência corpórea e se reconhecerem? (LE – 386)

– Reconhecerem-se, não, mas serem atraídos um pelo outro, sim; e freqüentemente as ligações íntimas, fundadas numa afeição sincera, não provêm de outra causa. Dois seres se aproximam um ao outro por circunstâncias aparentemente fortuitas, mas que são o resultado da atração de dois Espíritos que se buscam através da multidão.

j. De onde vem a repulsa instintiva que se experimenta por certas pessoas, à

primeira vista? (LE – 389)

– Espíritos antipáticos, que se percebem e se reconhecem, sem se falarem.

l. Por que o Espírito encarnado perde a lembrança do passado? (LE- 392)

– O homem nem pode nem deve saber tudo; Deus assim o quer, na sua sabedoria. Sem o véu que lhe encobre certas coisas, o homem ficaria ofuscado, como aquele que passa sem transição da obscuridade para a luz. Pelo esquecimento do passado ele é mais ele mesmo.

6. PROVAS

a. Cantar uma música que tenha a ver com algum tema falado;

b. Tentar fazer alguém do outro grupo rir;

c. Imitar algum dos monitores ou algum participante

d. Imitar algumas personalidades espíritas para seu grupo adivinhar: Chico Xavier, Bezerra de Menezes, Divaldo Franco, Emmanuel,

d. Mímica de filme: Ghost, Nosso Lar, Sexto Sentido, Os outros, Chico Xavier, Amor Além da vida, A casa dos espíritos, O mistério da Libélula, Duas vidas.

e. Um dos membros ficará com os olhos vendados e através da ajuda de seus colegas, terá de encontrar algum objeto escondido na sala. A outra equipe poderá atrapalhá-lo.

7. CURIOSIDADES:

a. Por que os primeiros gritos da criança são de choro? (LE – 384)

– Para excitar o interesse da mãe e provocar os cuidados necessários. Não compreendes que, se ela só tivesse gritos de alegria, quando ainda não sabe falar, pouco se inquietariam com as suas necessidades? Admirai, pois, em tudo, a sabedoria da Providência.

b. Qual o motivo da mudança que se opera no seu caráter a uma certa idade, e particularmente ao sair da adolescência? É o Espírito que se modifica? (LE -385)

– É o Espírito que retoma a sua natureza e se mostra tal qual era.

c. Os Espíritos encarnam-se homens ou mulheres, porque não têm sexo. Como devem progredir em tudo, cada sexo, como cada posição social, oferece-lhes provas e deveres especiais e novas ocasiões de adquirir experiências. Aquele que fosse sempre homem, só saberia o que sabem os homens.

d. De onde vêm as semelhanças morais que existem às vezes entre os pais e os

filhos? (LE - 207-a)

– São Espíritos simpáticos, atraídos pela afinidade de suas inclinações.

e. A teoria das idéias inatas não é quimérica? (LE- 218-a)

– Não, pois os conhecimentos adquiridos em cada existência não se perdem; o Espírito, liberto da matéria, sempre se recorda. Durante a encarnação, pode esquecê-los em parte, momentaneamente, mas a intuição que lhe fica ajuda o seu adiantamento. Sem isso, ele sempre teria de recomeçar. A cada nova existência, o Espírito toma como ponto de partida aquele em que se achava na precedente.

08:15 – AVISOS/PRECE

Ø Proposta coletiva para o X JuventUDE5 A ARTE DE VIVER O ESPIRITISMO – JEAL ficou com a Oficina de Fotografia (dividir tarefas entre os jovens Tarde/Noite)


JEAL Juventude Espírita Ave Luz

SÁBADO À TARDE 10/03/2012

TEMA: JOVENS E SEUS RELACIONAMENTOS (VALORES MORAIS/HUMANOS)

OBJETIVO: Esclarecer as influências (boas e más) dos amigos em nossas vidas; Esclarecer sobre a responsabilidade que deve haver nos compromissos afetivos (namoros, ficas, etc)

FONTE DE ESTUDO/PESQUISA: Livro dos Espíritos (Q.291-303) ESE cap 11: 1-7).

16:10 – PROBLEMA/CONVERGÊNCIA/SOLUÇÃO DOUTRINÁRIA

Formar três equipes masculinas e três femininas para escolher figuras que caracterizam jovens problemáticos (cinco minutos para comentarem entre si e desenharem um quadro sobre a situação do jovem e vir para o grupão debater).

16:20 - NO GRUPÃO:

Será lida a história de cada jovem e a equipe que pegou a figura relacionada faz comentários e questionamentos:

->Vocês se identificam com a história desses jovens?

-> A rotina é parecida com a de vocês ?

-> O que falta na vida desses jovens e na sua Vida?

O Monitor debate, procurando dar ênfase doutrinária na interpretação de cada caso ao final de cada discussão.

ESTUDOS DE CASOS:

1-Sou tímido e baixinho de óculos , fui aceito por turma que fuma e bebe.

2-Adoro festas e badalações, fico com um monte de meninas.

3-Estou estressado e cansado de estudar, quero mais liberdade.

4-Namoro um e fico com outro, o ambiente é muito pesado em casa.

5-Namoro um rapaz mais velho desde os 14 anos, ele é muito ciumento.Hoje tenho 19 e ele 32 anos.

6-Estou grávida, tenho só 17 como isso pode acontecer? Eu era virgem ainda.

17:00 – AVISOS E PRECE

->Sondagem sobre assuntos para o Juventude 5

->Encontro com Nonato Albuquerque Domingo

JEAL SÁBADO NOITE 10/03/12

TEMA : O AVE LUZ TAMBÉM É NOSSO LAR

19:05 – DINÂMICA DOS OPOSTOS (ESCOLHAS)

Separar os jovens em turma 1 e turma 2. Distribuir figurinhas (envelope 1 e envelope 2) para cada turma escolher três opções. Os jovens circulam entre si e podem trocar as figurinhas. Sentados cada jovem fala sobre as suas três escolhas e faz contra-ponto com o pessoal que tirou as figuras opostas.

Ø Foi fácil escolher? Teve dúvidas? Trocou de figura por quê?

19:20 – CONHECENDO O AVE LUZ

Levar os jovens para fazer um tour nas dependências do GEAL e falando o que funciona em cada sala e no grupão falar sobre as atividades da casa: AE,ESDE,GEM,IEAL,JEAL,PAI, Palestras.

19:40 – Dialogar sobre Centro Espírita e suas funções de: Escola, Templo, Lar, Oficina, hospital.

20:10 – AVISOS E PRECE

->Sondagem sobre assuntos para o Juventude 5

->Encontro com Nonato Albuquerque Domingo

ANEXO:

Centro Espírita

1 – O que é o Centro Espírita?
É o local onde as pessoas se congregam para tratar de assuntos relacionados com a Doutrina Espírita.

2 – Por que “centro”?
Como ocorre com freqüência na língua portuguesa, esse termo tem vários significados. Em se tratando de Doutrina Espírita, podemos considerá-lo sinônimo de sociedade, expressão mais adequada, que vem sendo usada com freqüência na denominação das instituições doutrinárias espíritas. Mais exatamente, seria associação, já que, de acordo com o novo código civil, a expressão sociedade deve ser reservada a empresas de caráter comercial.

3 – Como poderíamos definir as atividades do Centro Espírita?
São várias, às quais as pessoas têm acesso à medida que se integram. Num primeiro momento o Centro Espírita tem sido para a maior parte dos que chegam um hospital para tratamento de males do corpo e da alma.

4 – Quais os recursos mobilizados nesse “hospital”?
Envolvem passes magnéticos, entrevistas fraternas, trabalhos de vibração, reuniões de desobsessão… Considere-se, entretanto, que esses recursos são de superfície. Cuidam de efeitos, envolvendo a visão que as pessoas têm da vida e sua maneira de viver. Para que tenham efeito duradouro é preciso que os interessados busquem um segundo estágio.

5 – Qual seria?
A escola, onde freqüentarão cursos de Espiritismo para uma visão objetiva dos porquês da existência e, sobretudo, das origens de seus problemas de saúde. A doença é sempre um espelho da alma, mostrando-nos que algo não vai bem em nossas concepções de vida, em nossa maneira de viver. O aprendizado espírita faculta-nos esse entendimento.

6 – As pessoas buscam ajuda e aprendem que é preciso que ajudem a si mesmas?
Isso é elementar em Espiritismo. Não existe um destino pontuado, em que as coisas acontecem porque está escrito. Vivemos num regime de causa e efeito em que, permanentemente, colhemos o que semeamos, envolvendo causas próximas ou remotas, de hoje, de ontem, do ano passado, de existências pretéritas… Se quisermos que nosso futuro seja diferente, devemos mudar nosso presente, buscando um comportamento compatível com a moral evangélica, que resume o que Deus espera de nós.

7 – Hospital e escola. Algo mais?
Num terceiro estágio, o Centro Espírita é abençoada oficina de trabalho onde, pelo empenho de servir, neutralizamos o grande mal de nossa personalidade – o egoísmo. É a partir do comportamento voltado unicamente para os interesses pessoais, que resvalamos para a inconseqüência, a desonestidade, o vício, a agressividade, e tudo o mais que nos compromete.

8 – E a comunhão com Deus? O Centro Espírita não funciona também como um templo divino?
Templo é o Universo, a casa de Deus. Vivemos nela. O Centro Espírita é a escola/oficina, que nos permite, com as iniciativas que sugere, um padrão vibratório que nos faculte a comunhão com o Pai Celeste. Esse programa renovador está maravilhosamente definido por Léon Denis, ao proclamar: Tende por templo o Universo; por imagem, Deus; por lei, a Caridade; por altar, a Consciência.

Livro Espiritismo, Tudo o que você precisa saberFONTE: http://www.richardsimonetti.com.br/pingafogo/exibir/27